Jogo Responsável

Jogo Responsável em Portugal: O que é?

Todas as casas de apostas online em Portugal concordam com os termos do SRIJ de promover o jogo responsável. Entretanto, no que exatamente consiste o “Jogo Responsável”? Afinal, esse termo é bastante amplo.

Conceito de Jogo Responsável

Jogo Responsável

O termo “Jogo” normalmente se refere a jogos de azar e fortuna ou de apostas. Ou seja, ao falar de “Jogo Responsável”,  o SRIJ fala da promoção de uma conduta responsável na promoção de jogos de casino e apostas desportivas online.

Como essas apostas envolvem vencedores e perdedores, bem como dinheiro. É preciso que o apostador tenha um certo controle ao efetuar seus jogos e palpites. Não se deve fazer apostas sem medir quais os prejuízos que podem ser tidos caso escolha de forma errada.

Além disso, quando se trata de jogos de sorte ou azar, o nome já dá uma indicação importante sobre a natureza dos resultados. Não há nenhuma maneira 100% correta de ganhar todos os jogos de fortuna. Afinal, o resultado depende de fatores externos, com certa influência das probabilidades matemáticas.

Como saber se estou viciado em apostas?

A promoção de Jogo Responsável é perfeitamente presente em todas as casas de apostas legalizadas. Por ser uma das regras do SRIJ, é preciso que os sites promovam algumas táticas para garantir que o usuário não se vicie em apostas.

Teste de Jogo

O Teste De Jogo é uma destas táticas importantes. Desenvolvido pelo  Instituto de Apoio ao Jogador, ele irá ajudar a todos os usuários para que possam se autoavaliar. Elas são:

  1. Joga para evitar os problemas do dia a dia?
  2. O seu jogo parece ser um investimento?
  3. Joga para resolver problemas financeiros?
  4. Pede dinheiro emprestado para jogar ou saldar dívidas de jogo?
  5. Já vendeu alguma coisa sua para compensar dívidas relacionadas ao jogo?
  6. Se perder ou ganhar, pode parar o jogo?
  7. Joga o jogo até ficar sem dinheiro, e aí perde seu tempo?
  8. Tem problemas com pontualidade, assiduidade ou eficiência no trabalho?
  9. Já experimentou estresse, enxaqueca, ansiedade, depressão, insônia ou hipertensão?
  10. Mudou a prioridade de e sua família?
  11. Já considerou “End All”?
  12. Apostar mais do que o esperado, o valor da aposta é aumentar?
  13. Fica pensando e programando “jogos”, depois de fazer isso, vai se arrepender?
  14. Sempre que perde dinheiro, tem uma necessidade irresistível de recuperar o dinheiro perdido, sente / acredita que o conseguirá?
  15. Mentiu e ignorou os fatos que fariam com que o obstáculo continuasse a funcionar?
  16. Já realizou atividades ilegais para competir?
  17. Sentir-se decepcionado, triste, distante, sem esperança, solitário e com baixa autoestima respeito?
  18. Já sentiu que sua reputação foi ameaçada ou fez grandes esforços para mantê-la?
  19. Colocou em risco o seu casamento, família ou relações sociais devido ao jogo?
  20. Pensou seriamente em parar o jogo e tomar medidas contra isso?

Caso tenha mais de 5 respostas positivas, provalmente estás a desenvolver um problema de vício em apostas. Quanto mais positivas as respostas, mais severo será o problema. Busque ajuda.

Incentivo ao Jogo Responsável

A dependência causada pelo jogo é bem parecida com as dependências causadas por substâncias químicas. Principalmente porque é preciso de um tratamento profissional para garantir a reabilitação do indivíduo afetado.

É reconhecido por estudos que quando um jogador com comportamento de risco começa a perder muito dinheiro, a tendência é que ele passe a apostar mais com o intuito de recuperar as perdas. Obviamente, na maioria das vezes, esse comportamento leva apenas a um ciclo negativo, onde está sempre tentar cobrir suas perdas.

Por esta razão, o SRIJ decidiu que é obrigatório o cumprimento de medidas e requerimentos que sejam aplicadas a todos os âmbitos dos operadores de apostas. Ou seja, o Jogo Responsável é um mecanismo para prevenir a formação de vício em torno dos jogos de azar, fortuna e apostas desportivas.

As medidas oficiais implementadas pelo Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos, bem como os operadores são:

Proteção de jogadores vulneráveis

Todas as casas de apostas online devem oferecer e respeitar o programa de auto-exclusão. Através dele, o usuário irá preencher um formulário que garante que não poderá apostar dentro de um determinado período de tempo. Além disso, devem permitir que seus usuários limitem o tempo e dinheiro que podem gastar em cada website.

Impedimento do Acesso de Menores aos Jogos

Uma das partes mais importantes no combate ao vício em jogos é impedir que menores de 18 anos possam realizar apostas. Por esta razão, os sites de apostas devem requerer a verificação de documentos e assegurar que todos os seus usuários são maiores de idade.

Segurança de dados pessoais

Como estes sites lidam com informações sensíveis, como dados pessoais e bancários, devem implementar software de ponta. A criptografia de alto nível e outras medidas de controle devem ser utilizadas em todos os âmbitos das casas de apostas, desde o site aos aplicativos móveis. Também devem evitar a lavagem de dinheiro e promover o combate aos hackers.

Marketing responsável e ético

Todas as campanhas promocionais de produtos e serviços são obrigadas a trazerem informações corretas e legíveis, bem como de fácil compreensão. Para qualquer tipo de contado via e-mail ou SMS, é preciso ter autorização prévia. Além disso, não devem promover campanhas de marketing voltadas a indivíduos vulneráveis ou menores de idade.

5 RECOMENDAÇÕES AOS APOSTADORES

As recomendações básicas para evitar que tenhas comportamentos de risco são:

  1. Aposte apenas aquilo que pode perder. Ter um orçamento limitado antes de apostar é necessário para evitar que entre em prejuízo financeiro.
  2. Não use dinheiro emprestado para jogar. Nunca aumente seu orçamento através de empréstimo. Se perder, terá uma dívida dupla. Essa é uma das dicas fundamentais.
  3. Não aposte no calor do momento. Nunca tente cobrir uma perda com outra aposta maior. Também não use apostas como maneira de esquecer a realid
  4. Faça pausas entre apostas. Mantenha sempre a calma e aproveite as pausas para verificar seu orçamento.
  5. Nunca deixe que o jogo se torne algo além de forma de entretenimento.

SERVIÇOS DE APOIO

As principais linhas de apoio que deve contatar em caso de vício em apostas são:

  • Linha de Apoio ao Jogo Responsável:
    • E-mail: linhadeapoio@iajpt.eu – Linha Vida – Serviço anónimo e gratuito do Departamento de jogos da Santa Casa da Misericórdia
    • Horário: 2ª a 6ª, das 14h às 18h
    • Telefone: (+351) 214 193 721 (custo de chamada para a rede fixa)
  • Linha Vida – Serviço anónimo e gratuito do Ministério da Saúde:
    • E-mail: 1414@sicad.min-saude.pt
    • Horário: 2ª a 6ª feira, das 10h às 18h
    • Telefone: 1414 (chamada gratuita)

É fundamental saber controlar suas emoções ao apostar. Nunca se deixe ser tentado por vitórias seguidas ou se desespere com derrotas. Toda maré de sorte e de azar acaba. Um exemplo de controle é não apostar no time do coração, somente nos casos em que ele parece ter vantagens reais.

Deixe um comentário

+ 63 = 70